Publicado em: 16/07/2013 às 17:27:03 Autor: Ely de Oliveira

A Prefeitura de Santo Antonio do Leste por meio de notificação extrajudicial deu prazo de 48 horas para que a Caixa Econômica Federal (Agencia de Primavera do Leste – MT) retire de seu rol de devedores os nomes dos servidores públicos municipais de Santo Antonio do Leste com empréstimo via consignação.

No documento a Prefeitura declarou que o município repassou durante o exercício de 2013, os valores devidamente descontados dos servidores no período de julho de 2012 à junho de 2013, totalizando o valor de R$ 92.842,47(noventa e dois mil, oitocentos e quarenta e dois reais e quarenta e sete centavos); No entanto a Caixa Econômica Federal não deu baixa aos valores repassados pelo município gerando transtornos à administração municipal e aos servidores que recebiam cobranças indevidas por parte da  instituição financeira e empresas de cobranças, inclusive tendo seus nomes negativados junto aos órgãos de proteção ao credito.

O Gerente de Cidade de Santo Antonio do Leste Dr. Ronaldo Amorim, explica que no inicio desta gestão foi firmado um acordo de parcelamento da divida deixada pela gestão anterior referente aos consignados que foram descontados dos servidores e não foram repassados a Caixa Econômica Federal, no entanto os descontos mensal a partir de janeiro de 2013, bem como o valor parcelado da divida anterior estavam sendo pagos conforme o acordado, porem a Caixa Econômica federal não deu a baixa devida das parcelas no empréstimo contratado pelo servidor “Foram vários os transtornos causados por essa falha da Caixa Econômica Federal, os servidores estavam negativados e recebendo cobranças indevidas, com isso procuravam a administração para saber o que estava acontecendo, diante disso o Sr. Prefeito Miguel Brunetta determinou a quitação total da divida deixada pelo ex-gestor junto ao Banco Caixa e solicitou junto a assessoria jurídica tomasse providencias, essa por sua vez elaborou o termo de notificação extrajudicial, caso a Caixa Econômica não resolva o problema o Município tomará as medidas cabíveis junto aos órgãos competentes.” – disse.  

Em nota a Prefeitura de Santo Antonio do Leste exige que no prazo de 48 horas seja dada baixa nos valores repassados e que os servidores tenham seus nomes retirados dos órgãos de proteção ao credito.

Notícias relacionadas

03/10/2017

Secretaria Municipal de Obras efetua a remoção de entulhos

Visualizar Notícia

02/10/2017

Em defesa do SUAS: Marli Artuzo Brunetta Participa do dia D em defesa

Visualizar Notícia

28/09/2017

Santo Antonio do Leste: Prefeitura antecipa pagamento dos servidores

Visualizar Notícia

28/09/2017

Gestão Transparente - Santo Antonio do Leste sobe no ranking da CGU

Visualizar Notícia