Publicado em: 03/10/2013 ás 10:35:00 Autor: Ely de Oliveira

Uma reunião entre Ministério Público Estadual, poder público municipal e produtores rurais que limitam ao perímetro urbano definiu o limite para a aplicação de agrotóxicos com pulverizador terrestre.

Na ocasião ficou definido que os produtores terão que obedecer ao decreto estadual nº 1.362 que estipula um limite de 90mts à aplicação terrestre de agrotóxicos de cidades e nascentes.

Segundo o promotor de Justiça Dr. Silvio Rodrigues Alessi Junior, a mobilização em torno do problema se deu por conta da instauração de inquérito civil nº 007860-001/2013 que investiga casos de intoxicações ocorridos na cidade.

O promotor disse que o resultado da reunião foi satisfatório, pois o proposto pelo MP foi acatado com entendimento pelos agricultores “foi positiva a reunião, os produtores entenderam e se comprometeram em respeitar neste primeiro ano os limites estipulados no decreto estadual, porém, para o próximo ano ficará a cargo do poder legislativo rever a lei municipal e buscar alternativas no sentido de ampliar essa distancia, ou até mesmo criar uma cortina verde em torno da cidade.”

O prefeito Municipal Sr. Miguel Brunetta falou também da importância da reunião, disse que a preocupação maior é com a saúde da população “Foi satisfatória a reunião, o assunto é serio e merece uma atenção especial, estaremos junto com o poder legislativo, produtores e população em geral discutindo e elaborando um projeto que venha garantir que a saúde da população não seja prejudicada pela a aplicação de agrotóxicos”- Disse Miguel.

 

 

Notícias relacionadas

03/10/2017

Secretaria Municipal de Obras efetua a remoção de entulhos

Visualizar Notícia

02/10/2017

Em defesa do SUAS: Marli Artuzo Brunetta Participa do dia D em defesa

Visualizar Notícia

28/09/2017

Santo Antonio do Leste: Prefeitura antecipa pagamento dos servidores

Visualizar Notícia

28/09/2017

Gestão Transparente - Santo Antonio do Leste sobe no ranking da CGU

Visualizar Notícia